Você tem vontade de estudar inglês nos Estados Unidos? Vamos compartilhar com vocês ótimas dicas sobre o assunto e também a nossa experiência por aqui!

Quem nos acompanha já sabe, viemos para Orlando para estudar, a Ste com 28 anos e o Fi com 24 anos – e claro, além de estudar inglês aproveitar para viver toda experiência que Orlando (especialmente!) pode nos oferecer.

Sentíamos que era preciso antes de darmos início em um novo curso universitário para revolucionar nossas carreiras, estudar inglês mais profundamente, treinar e de fato ter aquela segurança que outro idioma precisa para nos consideramos fluentes – inclusive, vale dizer que o custo de um curso de inglês aqui não é tão alto quanto parece!

De acordo com a nossa experiência aqui em Orlando, destacamos alguns passos importantes para estudar inglês:

  1. Escolher uma escola que forneça o formulário I-20 – que é o documento necessário para tirar o visto de estudante F1 – algumas opções de escola são: ELS, Harvest, OHLA, META, Uceda, Inligua, Valência (esse é um “college”, mas eles dão aulas de inglês também!) e os valores estão em torno de U$450,00 a U$1.200,00 por mês;
  2. Após escolher a escola, você precisa realizar a sua matrícula e inscrição. Com o pagamento efetuado eles te enviarão o formulário I-20 e a carta de aceitação;
  3. Você precisa pagar uma taxa SEVIS que tem o valor de U$200,00, que é para você estudar nos EUA;
  4. Com o I-20 em mãos, você poderá agendar no consulado para tirar o visto de estudante F1. Você vai pagar a taxa do Visto que é U$160,00;
  5. Agora basta levar todos os documentos necessários no consulado e realizar a entrevista!

Agora, se você tem intenção de vir com seus filhos, enquanto você estuda inglês eles podem estudar em escolas normais por aqui, vejam só mais dicas:

Dica 1 – A escola é OBRIGATÓRIA nos Estados Unidos à partir dos 4/5 anos;

Dica 2 – As escolas se dividem basicamente por ELEMENTARY SCHOOL (5 a 11 anos); MIDDLE SCHOOL (11 a 14 anos); HIGH SCHOOL (14 a 18 anos) e depois a faculdade;

Dica 3 – É indicado escolher ANTES a escola e DEPOIS o local para moradia;

Aqui a matrícula só é possível se o estudante estiver em determinado “raio” da escola, ou seja, é de acordo ZIP CODE (o nosso famoso CEP).;

Dica 4 – As escolas são avaliadas e você pode conferir os ranking das escolas aqui;

Dica 5 – Assim como o ENEM no Brasil, nos Estados Unidos existe o SAT, uma avaliação que acontece todos os anos desde a Middle School para os estudantes nos Estados Unidos. Quando ele finaliza a High School deve se inscrever na prova do SAT e, à partir dela, considerando sua pontuação, é possível entrar na universidade indicada ou até ganhar bolsas de estudo;

E mais, somente com essa prova o estudante pode pegar seu diploma da High School!

Dica 6 – As escolas nos Estados Unidos exigem dos brasileiros: carteira de vacinação, histórico escolar e certidão de nascimento – todos traduzidos e (algumas escolas exigem juramentados);

Dica 7 – Antes de dar início nos estudos por aqui, é preciso fazer uma avaliação médica. Para isso existem locais como Paramount e o Central Care aqui em Orlando;

Vocês podem ver que estudar nos Estados Unidos não é um bicho de sete cabeças, mas é importante se atentar aos detalhes, respeitar a burocracia e garantir que fazendo da forma certa e seguindo todas as leis do país essa estadia vai ser ainda mais incrível e os frutos disso serão mais que especiais!

Para entregarmos esse conteúdo super bacana com vocês, tivemos o apoio da Juliana Subira e fica aqui o nosso agradecimento super especial <3

Você também quer compartilhar coisas legais com a gente? Tem informações importantes ou dúvidas sobre como estudar por aqui?

Conta pra gente nos comentários!